ONDE INVESTIR

Os investimentos podem ser realizados em toda extensão do território nacional. A majoração dos benefícios fiscais no Regime Especial depende da localização do projecto, para o efeito, Angola foi dividida em quatro zonas de desenvolvimento, sendo a zona A a com menores benefícios e a Zona C a com maiores benefícios.

a)      Zona A – Província de Luanda e os municípios-sede das Províncias de Benguela, Huíla e o Município do Lobito;

b)      Zona B – Províncias do Bié, do Bengo, do Cuanza-Norte, do Cuanza-Sul, do Huambo, do Namibe e restantes municípios das Províncias de Benguela e da Huíla;

c)      Zona C – Províncias do Cuando-Cubango, do Cunene, da Lunda-Norte, da Lunda-Sul, de Malange, do Moxico, do Uíge e do Zaire; 

d)      Zona D – Província de Cabinda.

Sectores Prioritários

Os investimentos realizados nos sectores prioritários enquadram-se no Regime especial de investimento.

Educação, formação técnico-profissional, ensino superior, investigação científica e inovação;

b)      Agricultura, alimentação e agro-indústria;

c)      Unidades e serviços especializados de saúde;

d)      Reflorestamento, transformação industrial de recursos florestais e silvicultura;

e)      Têxteis, Vestuário e Calçado;

f)       Hotelaria, Turismo e Lazer;

g)      Construção, obras públicas, telecomunicações e tecnologias de informação, infra-estruturas aeroportuárias e ferroviárias;

h)      Produção e distribuição de energia eléctrica;

i)       Saneamento básico, recolha e tratamento de resíduos sólidos.